"Mãooooo... irmãooooooooo"

Ontem estavámos os quatro no carro, mamãe e papai na frente, filho e filha no banco de trás nas respectivas cadeiras de carro.
Rutinha começou a chorar pois eu tirei da mão dela um frasco de álcool gel, afinal aquilo não era coisa para criança ficar manuseando.
E o que o Miguel fez? Esticou seu bracinho e disse:
- Mãoooooooo, irmãooooooooooo...
Ela deu a mão para o irmão, parou de chorar, chegaram na garagem de mãos dadas, subiram o elevador de mãos dadas e ainda em casa o Miguel não queria largar a mão da irmã.
E para completar, ainda trocaram uns beijinhos e abraços na sala.
Dia de paz...

5 comentários:

Mônica disse...

Eu fico tããão orgulhosa e feliz quando meus filhos tem essas demonstrações espontâneas de afeto.. Acho que toda mãe de 2 se derrete toda com isso, né não?

Marilyn disse...

Ai q vontade de chorar... essas crianças nos ensinam cada coisa todos os dias viu...

Pâmela disse...

Ai que fofos... qta sensibilidade hein! Bjos

Julia Usui disse...

Que fofura!!! Não vejo a hora dos meus entrarem nessa fase "companheiros" , deve ser tudo de bom!

bjs

Uli disse...

Eu acho isso fofo demais...aqui eles amam dar as mãos. Na igreja quando o culto termina são muuuuitas pessoas pra lá e pra cá e eu sempre digo: dêem as mãos! E eles seguram com força total...hahaha e só soltam no carro.

Postar um comentário