Uma Barbie na minha vida?

Olá!
Outro dia estávamos no condomínio, e a Rute viu uma menina que tinha uns 8 anos; a menina tinha vários brinquedos, entre eles algumas Barbies. A Rutinha parou na frente da menina, não fez gesto nenhum, mas ficou com aquela carinha de "deixar eu pegar?". Pedi para que a menina emprestasse por um momento a Barbie, e a Rutinha pegou na mão aquela boneca e ficou paralizada, olhando como se a boneca fosse a coisa mais linda e incrível do mundo. Percebi que a dona da boneca estava um pouco desconfortável em emprestar a sua Barbie, e falei para Rute devolver a mesma para a dona.
Na mesma hora o maridex disse: "Aiiiii que dó, temos que comprar uma Barbie para a nossa menina."

Passado umas duas semanas, meu maridex me liga do shopping e diz:
- Mimi, vou comprar uma Barbie para a Rute e um carrinho para o Miguel.
- Hummmmm, Mimi, acho que é um pouco cedo para a Rutinha ter uma Barbie... por que você não compra uma bonequinha com cara de nenêm, e compra dois carrinhos? Tenho certeza que a Rute vai querer também um carrinho. - disse eu.
E o maridex complementou:
- Não Mimi, a Rute vai A D O R A R uma Barbie, e não precisa de dois carrinhos.
Ok, deixei a intuição e vontade do papai ser feita.

O maridex chegou em casa todo feliz e eufórico com os brinquedos. Eu abri as embalagens, já que eles são pequenos ainda para fazer isso. Entreguei o carrinho para o Miguel - ele ficou eufórico, fascinado, seus olhos brilhavam, ele gritava de tanta alegria. Entreguei a Barbie para a Rute e ... ela ficou com pavor da boneca, fazia cara de nojo, não queria pegar a boneca! Em compensação foi atrás do Miguel e começou a chorar querendo o carrinho!! Conseguiu tirar o carrinho da mão do Miguel... e o Miguel chorava e corria atrás da Rute querendo o carrinho dele de volta! Foi hilário...
Na mesma hora eu disse:
- Mimão, vai AGORA comprar outro carrinho para eles, e traz uma boneca com cara de bebê para a Rutinha.
O Mimão ficou com dó da situação, foi na loja, comprou outro carrinho e outra boneca menos perua que a Barbie.
Resumo da ópera: Rutinha não quiz saber da segunda boneca, mas os irmãos se acabaram de brincar com os dois carrinhos, trocavam de brinquedo um com o outro, a alegria foi geral.

É, acho que entendo um pouquinho de bonecas e meninas.


Você pode estar pensando: "Ahhh, mas eles tem que aprender a dividir, não precisava buscar outro carrinho." E eu te digo: o que os gêmeos mais fazem é dividir tudo o tempo tempo, não só os brinquedos, mas a atenção dos pais, os choros da madrugada, a hora do banho, etc, etc. É muito bom ensinar os filhos a dividir, mas também temos que preservar e incentivar a individualidade de cada um, afinal, são seres distintos.
Mais: Rutinha ADORA bonequinhas, tem várias que ela carrega nos braços, dá beijinho nas bonecas, minha filhota é ultra feminina, mas ela também gosta de carrinhos, afinal, aventuras são também bem vindas. :-) É isso aí...

7 comentários:

Cris :-) disse...

Com certeza, também acho que os brinquedos podem ser duplos para que pelo menos de vez enquando eles não precisem dividir.
Por enquanto a Luana ainda não se interessou muito por bonecas e o Matheus gosta tanto de carrinhos que já tem uma pequena coleção.
Bjs

Cristiane Navega disse...

A Ísis não te carrinho, afinal ela não conhece ainda o universo masculino dos brinquedos (não tem irmão, primo ou algo assim por perto) mas brinca com um jogo de montar que tem rodinhas que faço um carrinho rs rs ... A avó dela comprou uma Barbie e ela adoraaaa .... morder o pé dela rsrs
Crianças tem que fazer descobertas... e gostar de brincar com carrinho, cavalinho, bola não vai fazer menos feminina ou pegar um menino mechendo em panelinhas, bonecas não vão fazer dele menos masculino.
E concordo com você, eles afinal de contas dividem: eles trocam os brinquedos não são egoístas, eles tem direito de ter o brinquedo deles e dividir quando brincarem do jeito deles.beijos para essa família linda.

Katia disse...

kkk fiquei imaginado a bagunça, hilário mesmo !
Tirou fotinhas ?

Bjkas !

Eu e minhas três bonecas... disse...

Que amor! Demora um pouco, mas logo logo vais estar cheia de Barbies em casa. Aqui São mais de 50... Eu só tive uma, e a Carol já tem tudo isso. Mas ela amaaa!!!! Só quer brincar de Barbie!
Beijosss

Pâmela disse...

Ahahaha que hilário Ro!
Ahh tá certo, tem que dividir, mas é importante cada um ter suas coisas né! bjoss

Rezinha disse...

Oi, Roberta!
Cheguei ao seu blog por acaso, justo no tópico em que você falou da FIV.
Estou enfrentando dificuldades para engravidar e vou começar a investigar, então esses tratamentos ficam dando voltas e voltas na minha cabeça...
Muito bom ver histórias de sucesso como a sua, e principalmente ver que hoje você tem uma família LINDA!
Vou te acompanhar, tá?
Um beijo,

Katia disse...

Roberta,
tenho 2 meninas com 3 anos e elas amam carrinhos. Tenho um menino de 11 anos e ele tem muitos carrinhos, mas não gosta de nenhum, só de bola e as meninas se acabam com os carrinhos dele e nós achamos super divertido elas brincarem com outros brinquedos além de bonecas. E sobre dividir, é complicado mesmo, pois eles dividem tudo desde a barriga não é? Por que não ter seu próprio espaço.
Parabéns pela linda família!!!
Bjks
Kátia.

Postar um comentário